Personal tools
Você está aqui: Página Inicial / Defesa de Tese- Letícia Alves Vieira

Defesa de Tese- Letícia Alves Vieira

A construção da narrativa científica nas Ciências Humanas: análise discursiva de editoriais da revista Varia Historia (2007-2016)
Quando 10/07/2017
das 14:00 até 17:00
Onde Sala 1000 ECI/UFMG
Participantes Prof. Maria Aparecida Moura (UFMG)
Prof. Ana Maria Mattos Sant Ana (Universidade Federal de São Carlos)
Prof. Aparecida Maciel da Silva Shikida (Fundação João Pinheiro)
Prof. Mauro Lucio Leitão Condé (UFMG)
Prof. Wander Emediato de Souza (UFMG)
Prof. Roger Miranda Guedes (Fundação João Pinheiro) - suplente
Prof. Terezinha de Fátima Carvalho de Souza (ECI/UFMG) - suplente
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

A presente pesquisa teve como propósito analisar as principais estratégias discursivas e argumentativas veiculadas pelos discursos contidos nos editoriais publicados em um periódico de relevância nacional e internacional para a área em questão, a Varia Historia. O recorte temporal, que compreende o período de 2007 a 2016, teve a finalidade de desvelar a construção da narrativa científica para a área de humanidades por meio da História. Para alcançar esse objetivo, foi realizada uma Análise de Conteúdo (AC) a fim de se organizar o corpus analisado em Análise do Discurso (AD), tendo como escopo a Teoria Semiolinguística (TS) de Patrick Charaudeau. Com base em uma situação triangular, que se constituiu de um sujeito argumentante, neste caso, representada pela editora da revista Varia Historia, o sujeito alvo, que são os leitores da revista e a proposta sobre o mundo, o trabalho objetivou construir uma premissa para a atuação dos dois sujeitos. Foram analisados 23 editoriais, cujo corpus possibilitou extrair 31 trechos representativos para o estudo argumentativo, pelo qual se encontrou a resposta dos objetivos específicos do estudo que foram: a) identificar as formações discursivas presentes nos editoriais do referido periódico; b) analisar a construção da narrativa científica para a área de humanidades, por meio da História, fundamentada na teoria semiolinguística de Patrick Charaudeau e, c) compreender a construção do conceito de ciência nas narrativas presentes nos editoriais publicados no referido periódico. Identificaram-se, pelo estudo, as formações discursivas em trechos extraídos dos editoriais e, baseado nessa identificação, a construção da narrativa científica nas Ciências Humanas através da análise discursiva do corpus foi analisada e compreendida. Em síntese, com a análise dos editoriais, foi possível compreender o potencial desse novo objeto como instância político-científica e o fazer científico de um domínio de conhecimento. O modelo de combinação teórico-metodológica, entre AC e AD, e um novo objeto - o editorial científico – mostrou-se profícuo para a compreensão dos elementos discursivos presentes nos editoriais, desvelando o conceito de ciência construído segundo as discussões acerca da neutralidade da própria ciência, a construção do saber acadêmico e suas relações com os saberes leigos, a política como assunto histórico, e, por fim, a preocupação com a internacionalização do periódico, e a circulação do conhecimento científico em História.

Localização

Av. Antônio Carlos, 6.627 - Belo Horizonte, MG - CEP 31.270-901

Fone: (31) 3409-5207
Fone: (31) 3409-6103

ppgci@eci.ufmg.br

Links

This is Schools Diazo Plone Theme