Personal tools
Você está aqui: Página Inicial / Defesa Dissertação Maria Juliana Nunes

Defesa Dissertação Maria Juliana Nunes

ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA: O CONTEXTO DE ATUAÇÃO DOS ESTAGIÁRIOS, SOB A ÓTICA DAS INSTITUIÇÕES CONTRATANTES E DOS EGRESSOS DO CURSO DE ARQUIVOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
Quando 01/12/2017
das 14:00 até 14:00
Onde Auditório Azul/ECI
Participantes Prof. Ivana Denise Parrela (ECI - UFMG)
Prof. Renato Tarciso Barbosa de Souza (UNB)
Prof. Renato Pinto Venâncio (ECI/UFMG)
Prof. Cintia Aparecida Chagas Arreguy (UFMG) - suplente
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

A educação universitária é fundamental para o desenvolvimento de competências e habilidades profissionais que visam prover demandas da sociedade, e a universidade, representada por seus diversos cursos, possui papel preponderante na sociedade moderna. Em Minas Gerais o curso de Arquivologia da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG foi iniciado em 2009 como forma de suprir uma necessidade social, entretanto tem-se pouca informação sobre os aspectos desse mercado profissional em formação. Com poucas turmas formadas, torna-se dificultoso levantar esse panorama, mas desde o início do curso houve uma grande demanda das instituições por estagiários, sinalizando indícios a serem pesquisados. Diante disso, o objetivo geral deste trabalho foi conhecer o contexto de atuação dos estagiários do curso de Arquivologia da UFMG, sob a ótica das instituições contratantes, no que concerne a alguns conceitos e práticas, e dos egressos do curso, bem como possíveis implicações no mercado de trabalho para o arquivista. A importância da pesquisa se justifica pela escassez desse tipo de informação pós-criação do curso de graduação na UFMG, contribuindo, assim, para a construção do conhecimento científico na área, subsidiando informações de como os estagiários atuaram dentro das instituições, como essas instituições enxergam o arquivista e o seu objeto, investigar junto aos egressos o mercado profissional com o qual se depararam, identificando a influência do curso nesse “novo” nicho de trabalho, e consequentemente conhecer e fomentar o processo laboral em desenvolvimento. Diante de tal contexto, o problema de pesquisa que se pôs foi quais os reflexos no mercado de trabalho para o arquivista, a partir da apreensão de alguns conceitos e práticas levantados em dois nichos: as instituições contratantes de estagiários do curso de Arquivologia da UFMG e os egressos do curso de Arquivologia da UFMG. Em relação à metodologia, a pesquisa é qualitativa de natureza básica, de caráter exploratório. O procedimento utilizado foi a pesquisa de campo, utilizando as técnicas de coleta de dados com a aplicação de questionário aos egressos e entrevista às instituições contratantes de estagiários. Ao final da pesquisa concluiu-se que o mercado de trabalho em Belo Horizonte, por meio de suas instituições públicas e privadas, precisa evoluir e avançar no que concerne aos conceitos e práticas relacionadas aos arquivos e aos arquivistas, pois o entendimento hoje é incipiente, de modo geral. 

Localização

Av. Antônio Carlos, 6.627 - Belo Horizonte, MG - CEP 31.270-901

Fone: (31) 3409-5207
Fone: (31) 3409-6103

ppgci@eci.ufmg.br

Links

This is Schools Diazo Plone Theme